A(pp) ZULEJO


[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Resumo

O regresso de uma nova temporada de AzLab ficou marcado pela possibilidade de ficar a conhecer a app ZULEJO e experimentar o protótipo, ainda em desenvolvimento, mas cujos resultados são verdadeiramente impressionantes. Catarina Pinheiro e Mathilda Larsson começaram por explicar como nasceu o projecto e a colaboração que estabeleceram com David G. Ortega, o programador responsável pelo seu desenvolvimento. Avançaram alguns conceitos ligados à Inteligência Artificial e revelaram como quiseram aplicar os mesmos aos padrões azulejares nacionais, através de uma ferramenta de reconhecimento de imagem, que cada vez se revela mais precisa. Mostraram ainda as diferentes vertentes do projecto em que pretendem continuar a trabalhar, quer para localizar azulejos em fachadas, quer para identificar fachadas com lacunas, explorando vertentes de crowdsourcing e divulgação alargadas e dirigidas a um público mais genérico, mas também de análise de padrões e das relações que a IA permite estabelecer, com um interesse evidente para o estudo da azulejaria.

Na fase seguinte, os participantes puderam ver a aplicação em funcionamento, testar vários padrões e ver os resultados: a partir de uma imagem que é carregada na aplicação, o sistema devolve várias possibilidades com diferentes graus de semelhança, a partir da base de dados de padrões do Az Infinitum. Quanto a nós, resta-nos continuar a trabalhar na catalogação de padrões de modo a garantir que, quando a aplicação estiver a funcionar em pleno, possa ter cada vez mais padrões para reconhecer!

____________________________________________________

A(pp) ZULEJO


Session overview

AzLab’s returned with the presentation of ZULEJO, an app still under development, but whose prototype showed truly impressive results. Catarina Pinheiro and Mathilda Larsson began by explaining how their project was born and the collaboration they established with David G. Ortega, the app developer. They advanced some concepts related to Artificial Intelligence and revealed how they wanted to apply them to the national azulejos (tile) patterns, through an image recognition tool, which is becoming increasingly accurate. It was also shown other aspects they intend to proceed with this project, such as to seek locate tiles in façades, to identify gaps in façades, exploring the potential of crowdsourcing by expanding the app to a more general public, and also to promote the analysis of patterns and relations that AI allows, with a strong relevance for the tiling studies

In the next phase, the participants were able to see the prototype application running, test various patterns, and see the results: from an image that is loaded, the system returns various possibilities with varying degrees of affinity, from the database of Az Infinitum patterns. As for us, we will continue to work on cataloguing patterns to ensure that when the application is fully operational, it can have more and more patterns to recognize!

A(pp) ZULEJO

9 de Outubro ​​de​ ​2019​ ​|​ ​18h00​ ​|​ ​Faculdade​ ​de​ ​Letras​ ​da​ ​Universidade​ ​de​ ​Lisboa​ ​|​ ​sala​ ​5.2

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Resumo

A ZULEJO é uma ferramenta que permitirá explorar e (re)descobrir o azulejo Português. Esta aplicação foi concebida para promover a salvaguarda e a divulgação do Património azulejar, facultando informações sobre os azulejos de forma instantânea e em qualquer local através do uso de um smartphone e acesso à internet. O utilizador da ZULEJO irá também colaborar na salvaguarda do património participando na inventariação e monitorização do estado de conservação das fachadas azulejadas ao registar fotografias de azulejos. Quando o azulejo fotografado está na base de dados a aplicação fornece a descrição e localização, para além de padrões similares. Quando o azulejo não está ainda inventariado, a ZULEJO fornece a localização e foto do mesmo para posterior tratamento da informação e poder incorporar a base de dados.

Para além de informação direta sobre o azulejo, a ZULEJO será utilizada para dar informação customer-tailored sobre lojas com réplicas de azulejo, lojas com objectos com inspiração na azulejaria, workshops, cursos, livrarias e informação relativa a museus e monumentos com azulejos. O objectivo é criar uma rede virtual em torno do azulejo português e que complemente a já existente.

A ZULEJO tem também uma finalidade ligada à investigação. A análise dos dados obtidos com a aplicação tem um interesse acrescido para as entidades responsáveis pelos azulejos e outros investigadores sendo possível estabelecer roteiros nas cidades e verificando quais os que suscitam maior interesse e as zonas mais visitadas (hotspots).

____________________________________________________

A(pp) ZULEJO


October 9th,
2019 | 18h00 |School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room 5.2

Abstract

ZULEJO is a tool that will allow you to explore and (re)discover the Portuguese tile. This app was designed to promote the safeguarding and dissemination of Tile Heritage by providing instant and on the spot information on tiles using a smartphone and internet access. The ZULEJO user will also collaborate in the heritage safeguarding by participating in the inventory and monitoring of the conservation status of the tiled façades with the tiles photographic record. When the photographed tile is in the database, the application provides the description and location as well as similar patterns. When the tile is not yet inventoried, ZULEJO provides its location and photo for further processing and incorporation on the database.

In addition to direct tile information, ZULEJO will be used to provide customer-tailored information about tile replica stores, tile-inspired stores, workshops, courses, bookstores, and information about tile museums and monuments. The goal is to create a virtual network around the Portuguese tile that complements the existing one.

ZULEJO also has a research purpose. The analysis of the data obtained with the application is of greater interest to the entities responsible for the tiles and other researchers, and it will be possible to establish roadmaps in the cities and to verify which ones are of most interest and the most visited areas (hotspots).

INSCRIÇÕES ABERTAS | REGISTRATION NOW OPEN

QUEREMOS SABER O QUE ANDAM A ESTUDAR!
INVESTIGAÇÃO EM AZULEJO

Já pode fazer o download do formulário de inscrição. A participação na conferência é gratuita mas a inscrição é obrigatória. Por favor, preencha todos os campos e envie o formulário, até dia 6 de Novembro, para redeazulejo@letras.ulisboa.pt.

____________________________________________________

WE WANT TO KNOW WHAT YOU ARE STUDYING!
AZULEJO RESEARCH


Click here to download the registration form. Attendance in the conference is free, but the registration form is required. Please send this form no later than November 6, 2018 to redeazulejo@letras.ulisboa.pt.

PROGRAMA | PROGRAMME

QUEREMOS SABER O QUE ANDAM A ESTUDAR!
INVESTIGAÇÃO EM AZULEJO
_

WE WANT TO KNOW WHAT YOU ARE STUDYING!
AZULEJO RESEARCH

 

13 de Novembro de 2019Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | sala B1
_
November 13, 2019
School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room B1


10h00-10h15 
— Sessão de abertura
————————————————————————————————————————–
10h15-11h15 — TRABALHOS REALIZADOS NO ÂMBITO DA LICENCIATURA [título provisório]

10h15-10h35 A PRESENÇA DO AZULEJO PUBLICITÁRIO NA CIDADE DO PORTO | Diana Felícia Pinto [Doutoranda em Estudos do Património, FLUP]

10h35-10h55 — REPRESENTAÇÕES DO SAGRADO NA AZULEJARIA DE VILA DO CONDE | Gustavo Duarte e Vasconcelos [Faculdade de Letras da Universidade do Porto]

10h55-11h15 OS PAINÉIS DE AZULEJOS DA CAPELA DO NOVICIADO DO CONVENTO DO CARMO EM SALVADOR DA BAHIA Newton Machado [Universidade de Brasília]
————————————————————————————————————————–
11h15-11h45 — Coffee break
————————————————————————————————————————–
11h45-13h00  TRABALHOS REALIZADOS NO ÂMBITO DO MESTRADO E DOUTORAMENTO [título provisório]

11h45-12h05 CATALOGAÇÃO DE AZULEJOS HISPANO-MOURISCOS EM PORTUGAL: O PALÁCIO NACIONAL DE SINTRA COMO ESTUDO DE CASO Rafaela Xavier [Az – Rede de Investigação em Azulejo (ARTIS-IHA/FLUL)]

12h05-12h25  AZULEJOS NO MOSTEIRO DE S. DINIS, EM ODIVELAS (RE)CONHECIMENTO DA COLEÇÃO Anabela Cardeira Arranja [Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes, Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes (CIEBA) | Centro de História da Arte e Investigação Artística (CHAIA)]

12h25-12h45  PALÁCIO AZURARA – AZULEJOS E RESTAUROS: MUSEU DE ARTES DECORATIVAS PORTUGUESAS Cidália Bento [Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes, Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes (CIEBA) | Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva]
————————————————————————————————————————–
12h45-13h00  Discussão
————————————————————————————————————————–
ALMOÇO
————————————————————————————————————————–
14h30-16h10  TRABALHOS REALIZADOS NO ÂMBITO DO DOUTORAMENTO E PÓS-DOUTORAMENTO [título provisório]

14h30-14h50 — MOMENTOS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL NA AZULEJARIA BARROCA: A CONSTRUÇÃO DE UMA IMAGEM DO PASSADO | Teresa Verão [CHAIA/UE | CIEBA/FBA/UL]

14h50-15h10  15 X 15 — REVOLUÇÃO INDUSTRIAL DO AZULEJO EM PORTUGAL | Pedro Ferreira [Centro de Investigação em Arquitectura Urbanismo e Design da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa]
————————————————————————————————————————–
15h10 -15h30  Coffee break
————————————————————————————————————————–
15h30-15h50 — O AZULEJO CONTEMPORÂNEO EM ESPAÇO PÚBLICO: UMA PROPOSTA DE DOUTORAMENTO | Inês Leitão [Az – Rede de Investigação em Azulejo (ARTIS-IHA/FLUL)]

15h50-16h10 — BELGIAN INFLUENCES ON SPANISH AND PORTUGUESE TILE PRODUCTION OF THE LATE 19THAND EARLY 20THCENTURIES | Mario Baeck [Postdoctoral researcher, Doctor in art sciences, Ghent University Belgium]
————————————————————————————————————————–
16h10-16h30  Discussão
————————————————————————————————————————–
16h30-17h00 — Mesa redonda sobre a importância da investigação em azulejo no âmbito das universidades portuguesas [com a Comissão Científica]

A(pp) ZULEJO

9 de Outubro ​​de​ ​2019​ ​|​ ​18h00​ ​|​ ​Faculdade​ ​de​ ​Letras​ ​da​ ​Universidade​ ​de​ ​Lisboa​ ​|​ ​sala​ ​5.2

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Convidados:
Catarina Pinheiro [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
Mathilda Larsson [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
David G. Ortega [Pomika]

Catarina Pinheiro é farmacêutica e conservadora-restauradora especializada em conservação preventiva, documentos gráficos e biodeterioração. Presentemente, está a desenvolver um programa de investigação financiado pela FCT no Laboratório HERCULES da Universidade de Évora sobre exposição ocupacional em Conservação e Restauro e a sustentabilidade das práticas profissionais nesta área.

Mathilda Larsson é conservadora/restauradora especializada em conservação de azulejos e biodeterioração de património cultural. Experiente no mundo dos antiquários e leilões, já sentiu, por mais do que uma vez, a necessidade de uma aplicação com as potencialidades da Zulejo. Em 2016 foi distinguida com o Prémio “Tese de Doutoramento na área de Conservação e Restauro” pela Organização SOS Azulejo. Está presentemente a desenvolver o seu trabalho sobre modelos preditivos para a colonização por líquenes em cerâmica no Laboratório HERCULES a Universidade de Évora.

David G. Ortega é programador, fundador, CTO e programador de produto na Pomika uma empresa TechStars. A app foi desenvolvida com a sua colaboração.

____________________________________________________

A(pp) ZULEJO


October 9th,
2019 | 18h00 |School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room 5.2

Invited speakers:
Catarina Pinheiro [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
Mathilda Larsson [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
David G. Ortega [Pomika]

Catarina Pinheiro is a pharmacist and conservator-restorer, specialized in Preventive Conservation, Documents and biodeterioration. She is presently conducting a study on occupational exposure and sustainability in Conservation-Restoration settings in Laboratório HERCULES, Évora.

Mathilda Larsson is a conservator/restorer specialized in tile conservation and biodeterioration of cultural heritage. Experienced in the world of antiquaries and auctions she has, more than once, felt the need for such an app. Due to her proven expertise in historic tile biodeterioration, she was awarded a prize by the SOS Azulejo organisation (part of the Police Museum) in 2016. Presently working at the HERCULES Laboratory from the University of Evora on biodeterioration and ceramics, trying to develop predictive models for lichen colonization.

David G. Ortega is developer, founder, CTO and product developer of Pomika a TechStars enterprise. The app was developed in collaboration with him.

A(pp) ZULEJO

9 de Outubro ​​de​ ​2019​ ​|​ ​18h00​ ​|​ ​Faculdade​ ​de​ ​Letras​ ​da​ ​Universidade​ ​de​ ​Lisboa​ ​|​ ​sala​ ​5.2

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Na próxima sessão, um crossover do AzLab com o #ARTISbeingdigital, vamos poder conhecer e experimentar uma nova App dedicada ao azulejo, que estará a funcionar muito em breve. Com a ZULEJO poderá fotografar uma fachada e ter acesso à informação sobre os azulejos aí aplicados, encontrar exemplares semelhantes ou contribuir para a sua inventariação. Fique a saber tudo sobre a ZULEJO no AzLab#51!

Convidados:
Catarina Pinheiro [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
Mathilda Larsson [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
David G. Ortega [Pomika]

____________________________________________________

A(pp) ZULEJO


October 9th,
2019 | 18h00 |School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room 5.2

AzLab’s next session is a crossover with #ARTISbeingdigital. We will know and try a new App dedicated to the azulejo (tile), which will be working very soon. With ZULEJO, you will be able to photograph a façade and have access to the azulejos’ information applied in that same façade, find similar examples or contribute to its inventory. Find out all about ZULEJO on AzLab#51!

Invited speakers:
Catarina Pinheiro [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
Mathilda Larsson [Laboratório HERCULES, Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda]
David G. Ortega [Pomika]

DE REGRESSO À FIGURAÇÃO. A AZULEJARIA PORTUGUESA DO PRINCÍPIO DO SÉCULO XX

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Resumo

À procura de um nome para uma nova estética… foi com este desafio que Tiago Borges Lourenço começou, e terminou, o AzLab#50, dedicado à azulejaria portuguesa na transição para o século XX. Ao longo de cerca de uma hora, o investigador contextualizou a pintura de azulejos da época, descrevendo as suas principais características, tanto ao nível da paleta cromática como dos temas representados, destacando, como não poderia deixar de ser, os pintores Pereira Cão e Jorge Colaço. Mas Tiago Borges Lourenço insistiu, sobretudo, numa visão global sobre a azulejaria da época, mostrando toda a sua imensa diversidade, que tão difícil torna atribuir-lhe uma designação.

Se o surgimento desta nova estética foi gradual, impondo-se na década de 1930, período a que remonta a grande maioria dos revestimentos, o seu desaparecimento foi muito mais abrupto e, no início dos anos de 1940 desaparecem as encomendas de grandes programas azulejares: o Estado Novo não defendia este género de produção cerâmica e António Ferro impulsionou o azulejo numa nova direcção, passando o caminho a ser outro.

A sessão terminou com Tiago Borges Lourenço a referir-se à distância que hoje a historiografia começa a manifestar em relação a este período, e que, esperamos, possa abrir caminho para a compreensão de uma época com um lado programático muito rico e que vale a pena compreender. Muito embora nenhuma das sugestões de designações tenha vingado, no debate que se seguiu abordou-se também os processos de trabalho dos pintores e a actividade de outros menos conhecidos.

____________________________________________________

THE RETURN TO FIGURATION. THE PORTUGUESE AZULEJOS OF THE BEGINNING OF THE 20TH CENTURY


Session overview

Searching for a name for a new aesthetic … it was with this challenge that Tiago Borges Lourenço began, and finished, AzLab#50, dedicated to Portuguese azulejos (tiles) in the transition to the 20th century. Over the course of an hour, the researcher contextualized the azulejo painting of the time, describing their main characteristics, both in terms of the color palette and the themes represented, highlighting the painters Pereira Cão and Jorge Colaço. But Tiago Borges Lourenço insisted, above all, on a global vision of the azulejos, showing all its immense diversity, the reason for the difficulty in assigning them a designation.

If the appearance of this new aesthetic was gradual, imposing itself in the 1930s, a period that dates back to the coverings great majority, its disappearance was much more abrupt and, in the early 1940s, the commissions of great azulejo programmes disappear: the Estado Novo did not defend this type of ceramic production and António Ferro pushed the azulejo in a new direction, and changing its path.

The session ended with Tiago Borges Lourenço referring to the distance that today historiography begins to manifest in relation to this period, and which, hopefully, can open the way to the understanding of a time with a very rich programmatic side that is worth to comprehend. Although none of the suggestions for designations has succeeded, the discussion that followed also dealt with the work processes of painters and the work of others less known.