JOSÉ MECO: HISTÓRIAS DO AZULEJO

11 de Maio de 2016 | 18h00 | Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | sala 2.1

[ — Please scroll down for English version — ]

O AzLab#23 tem como convidado uma das mais importantes figuras da história da azulejaria nacional. No que será uma “entrevista colectiva”, José Meco responderá a questões relacionadas com as suas experiências pessoais e profissionais, contando histórias do azulejo.

Use este espaço e as nossas redes sociais (facebookinstagram) para fazer perguntas a José Meco!

Convidados:
José Meco [Escola Superior de Artes Decorativas – FRESS]

Moderador:
Vítor Serrão [ARTIS – Instituto de História da Arte, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa]

– – – – –

Foto: © Romeu Bragança

____________________________________________________

JOSÉ MECO: STORIES OF AZULEJO


May 11,
 2016 | 18h00 | Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | room 2.1

The AzLab#23 has as guest one of the most important figures in the history of Portuguese Azulejo. In what will be a “collective interview”, José Meco will answer questions related with his personal and professional experiences, telling stories of azulejo.

Use this space and our social networks (facebookinstagram) to ask questions to José Meco!

Invited speakers:
José Meco [Escola Superior de Artes Decorativas – FRESS]

Moderator:
Vítor Serrão [ARTIS – Instituto de História da Arte, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa]

– – – – –

Photo: © Romeu Bragança

One thought on “JOSÉ MECO: HISTÓRIAS DO AZULEJO

  1. Pergunta Tônia Matosinhos via e-mail:

    “Olá!

    Gostaria de perguntar ao historiador da arte José Meco:

    O historiador do azulejo João Miguel dos Santos Simões afirmava que o início do azulejamento de fachadas se deu no Brasil, o que era segundo ele, “um curioso fenômeno de inversão de influências” em relação a Portugal. Em contrapartida, a arquiteta e pesquisadora Dora Alcântara não encontrou dados que comprovassem nem tão pouco que negassem essa teoria de Santos Simões. O senhor tem conhecimento de alguma documentação a esse respeito? Qual a sua opinião sobre isso?

    Agradeço desde já a oportunidade deste intercâmbio proporcionado pelo AZ LAB.
    Atenciosamente,

    Tônia Matosinhos”

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s