[1] Assim sucederia com o conjunto de azulejos de figura avulsa (caricaturas) retirados do 1º andar do edifício “Flor da Campanhã”, que atualmente são propriedade da Câmara Municipal do Porto.