15X15: REVOLUÇÃO INDUSTRIAL DO AZULEJO EM PORTUGAL

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Resumo

Depois de um início conturbado, e como “há males que vêm por bem”, os participantes do AzLab#53 beneficiaram de um ambiente diferente, reunindo-se em torno da mesa central da sala do ARTIS, numa conversa conduzida por Pedro Ferreira, que permitiu privilegiar o diálogo ao longo de toda a sessão. Começando por mostrar como as suas diferentes histórias se cruzam a empresa Cortiço & Netos, o colectivo Pedrita, a Associação para a Interpretação do Azulejo Industrial (AIAI) — determinando não apenas o seu envolvimento com a azulejaria industrial mas também a decisão de avançar para um doutoramento nesta área, Pedro Ferreira apresentou o seu objecto de estudo, o azulejo industrial prensado a seco de 15x15cm.

Por entre os objectivos da investigação, foi contando os resultados que já alcançou num percurso que, todavia, ainda tem muito trabalho pela frente. A identificação das fábricas, o estudo dos padrões, a tecnologia de produção dos azulejos, as influências externas, o papel do design, a ligação à tradição e o corte com essa mesma tradição azulejar, a aplicação destes azulejos nas suas diferentes escalas (homem, casa e cidade) foram alguns dos temas abordados, com os convidados a insistir na importância das questões mais ligadas à tecnologia e outras visões de cariz antropológico. No final ficou o pedido expresso para que regresse, daqui a algum tempo, para dar conta dos avanços da investigação!

NOTA: com o AzLab#53 terminaram as sessões de 2019 e, antes do início da sessão, a equipa do AzLab ofereceu duas entradas no Museu Nacional do Azulejo ao participante que completou o calendário com todos os selos do ano. Parabéns e obrigada pela assiduidade! Em Janeiro, no 6º aniversário do AzLab, haverá uma nova surpresa para 2020!

____________________________________________________

15×15: INDUSTRIAL REVOLUTION OF THE AZULEJO IN PORTUGAL


Session overview

After a troubled start, and as the saying goes “every cloud has a silver lining”, AzLab#53 participants benefited from a different environment, gathering around the central table of the ARTIS room in a conversation led by Pedro Ferreira. Starting by showing how his different stories intersect — Cortiço & Netos, the Pedrita studio, the Association for the Interpretation of Industrial Tiles (AIAI) — determining not only his involvement with industrial tiles but also the decision to move forward with a Ph.D. in this area, Pedro Ferreira presented his subject of study, the 15x15cm dry pressed industrial tile.

Among his research objectives, he was telling the results that he has already achieved in a path that, however, still has much work ahead. The identification of factories, the study of patterns, the technology of tile production, the external influences, the role of design, the connection with tradition and cutting with that same tiling tradition, the application of these tiles at their different scales (man, home and city) were some of the topics addressed, with guests insisting on the importance of technology-related issues and other anthropological views. In the end, there was an express request for his soon return, to report on the progress of his investigation!

NOTE: with AzLab#53 the 2019 sessions ended and before this session began the AzLab team offered two entries to the National Azulejo Museum to the participant who completed the calendar with all the year stamps. Congratulations and thank you for your attendance! In January, on the 6th anniversary of AzLab, there will be a new surprise for 2020!

15X15: REVOLUÇÃO INDUSTRIAL DO AZULEJO EM PORTUGAL

11 de Dezembro​ de ​2019​ ​|​ ​18h00​ ​|​ ​Faculdade​ ​de​ ​Letras​ ​da​ ​Universidade​ ​de​ ​Lisboa​ ​|​ ​sala​ ​5.2

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Resumo

Durante a segunda metade do século XX, dezanove empresas produziram e comercializaram uma nova tipologia de azulejo, através do processo de prensagem a seco. Foram responsáveis pelo que se pode considerar uma revolução industrial na produção de azulejo em Portugal e sua consequente democratização.

15×15 indica a dimensão centimétrica do azulejo objecto de estudo da tese de doutoramento em construção. Este azulejo tomou o lugar da dimensão 14×14, que historicamente se encontra estabilizada desde o século XVI até aos dias de hoje, no azulejo tradicional. Esta tipologia 15×15 é a que melhor representa esta produção, sendo a dimensão mais presente na paisagem construída. É a única produzida por todas as fábricas e é nela que podemos observar todos os métodos de produção, acabamentos e multiplicidade de padrões.

Estamos a estudar esta produção azulejar tão vasta, recente e presente na memória dos portugueses. Nesta sessão do AzLab serão expostos os resultados prévios da investigação e aberta a discussão sobre alguns pontos sensíveis do estudo, tais como: a valorização desta produção azulejar industrial, o seu posicionamento na história da azulejaria e o impacto na paisagem doméstica e urbana em Portugal.

Pedro Ferreira | Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (FAUL) |

____________________________________________________

15×15: INDUSTRIAL REVOLUTION OF THE AZULEJO IN PORTUGAL


December 11th,
2019 | 18h00 |School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room 5.2

Abstract

During the second half of the 20th century, 19 companies produced and marketed a new typology of tile through the dry pressing process. They were responsible for what can be considered an industrial revolution on tile production in Portugal and its consequent democratization.

15×15 indicates the centimeter dimensions of the tile, study object of the PhD thesis under construction. This tile has taken the place of the 14×14 dimension, which has historically been stabilized from the 16th century to the present day on the traditional tile. This 15×15 typology is the one that best represents this production, being the most present in the built landscape. It is the only one produced by all factories and it is where we can observe all the production methods, finishes and multiplicity of patterns.

We are studying this tile production so vast, recent and present in the memory of the Portuguese. In this session of AzLab the previous research results will be exposed and the discussion will be opened about some study sensitive points, such as: the valorization of this industrial tile production, its positioning in the history of tile and the impact on the domestic and urban landscape in Portugal.

Pedro Ferreira | Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (FAUL) |

15X15: REVOLUÇÃO INDUSTRIAL DO AZULEJO EM PORTUGAL

11 de Dezembro​ de ​2019​ ​|​ ​18h00​ ​|​ ​Faculdade​ ​de​ ​Letras​ ​da​ ​Universidade​ ​de​ ​Lisboa​ ​|​ ​sala​ ​5.2

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Convidado:
Pedro Ferreira [Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (FAUL)]

Pedro Ferreira (1978) é licenciado em Design pela Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa (2002). Foi bolseiro Erasmus no Politécnico de Milão (2001) e bolseiro da Fábrica — Centro de Pesquisa para a Comunicação do Grupo Benetton em 2002, acabando por assumir a co-coordenação do departamento de design (2004). Em 2005, regressa a Lisboa, onde, juntamente com Rita João dá início ao Estúdio Pedrita. É co-autor de Fabrico Próprio — O design da Pastelaria Semi-Industrial Portuguesa (2008), projecto que se desdobra numa publicação, uma exposição e várias apresentações nacionais e internacionais. Entre 2010 e 2015, foi docente no Curso de Design de Ambientes da Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha do Instituto Politécnico de Leiria.

Integra em 2013 a actividade da empresa Cortiço & Netos, da qual é sócio fundador, e que desde os anos 80 recolhe, armazena e revende azulejo descontinuado português. É ainda sócio fundador da AIAI — Associação para a Interpretação do Azulejo Industrial (2013), que tem como objectivo de estudar o espólio herdado de Joaquim Cortiço. Actualmente, é aluno de doutoramento em Design na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa (com bolsa atribuída pela Fundação para a Ciência e Tecnologia), desenvolvendo uma tese sobre a Azulejaria Industrial em Portugal na segunda metade do século XX.

– – – – –
Imagem: Pedro Ferreira

____________________________________________________

15×15: INDUSTRIAL REVOLUTION OF THE AZULEJO IN PORTUGAL


December 11th,
2019 | 18h00 |School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room 5.2

Invited speaker:
Pedro Ferreira [Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (FAUL)]

Pedro Ferreira (1978) is a Design graduated from the Lisbon School of Architecture of the University of Lisbon (2002). He was Erasmus Fellow at the Polytechnic of Milan (2001) and Fellow of the Factory – Research Center for Communication of the Benetton Group in 2002, eventually co-coordinating the design department (2004). In 2005, he returns to Lisbon, where, together with Rita João, he started the Pedrita Studio. He is a co-author of Fabrico Próprio – The Design of Portuguese Semi-Industrial Pastry (2008), a project that unfolds in a publication, an exhibition, and several national and international presentations. From 2010 to 2015, he taught the Environment Design Course at Caldas da Rainha School of Art and Design at the Polytechnic Institute of Leiria.

In 2013, he integrates the activity of Cortiço & Netos, of which he is a founding partner, and which since the 1980s has been collecting, storing and reselling discontinued Portuguese tiles. He is also a founding partner of the AIAI – Association for the Interpretation of Industrial Tile (2013), which aims to study the estate inherited from Joaquim Cortiço. He is currently a Ph.D. student in Design at the Lisbon School of Architecture of the University of Lisbon (with a grant from FCT – Foundation for Science and Technology), developing a thesis on Industrial Tiling in Portugal in the second half of the 20th century.

– – – – –
Image: Pedro Ferreira

15X15: REVOLUÇÃO INDUSTRIAL DO AZULEJO EM PORTUGAL

11 de Dezembro​ de ​2019​ ​|​ ​18h00​ ​|​ ​Faculdade​ ​de​ ​Letras​ ​da​ ​Universidade​ ​de​ ​Lisboa​ ​|​ ​sala​ ​5.2

[​ ​—​ ​Please​ ​scroll​ ​down​ ​for​ ​English​ ​version​ ​—​ ​]

Para finalizar o ano, propomos uma abordagem à produção de azulejo industrial da segunda metade do século XX, focando especialmente os azulejos com as dimensões de 15x15cm e que são não apenas os mais presentes na paisagem construída deste período, mas também aqueles em que se observam todos os métodos de produção, de acabamentos e a maior variedade de padrões.

Pedro Ferreira, doutorando em  Design na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, é o convidado do AzLab#53, trazendo a estes seminários um tema ainda pouco ou nada estudado. Muito embora esteja quase a meio do seu percurso, a investigação que tem vindo a desenvolver permite já uma visão global sobre esta matéria, ao mesmo tempo que possibilita a discussão de outros aspectos ainda em análise. A não perder!

Convidado:
Pedro Ferreira [Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (FAUL)]

– – – – –
Imagem: Pedro Ferreira

____________________________________________________

15×15: INDUSTRIAL REVOLUTION OF THE AZULEJO IN PORTUGAL


December 11th,
2019 | 18h00 |School of Arts and Humanities of the University of Lisbon | room 5.2

To close the year, we propose an approach to the production of industrial tile from the second half of the 20th century, focusing especially on tiles with dimensions of 15x15cm that are not only the most present in the built landscape of this period but also those in which are observed all the production methods, finishes and the widest variety of patterns.

Pedro Ferreira, a Ph.D. student in Design at the Lisbon School of Architecture of the University of Lisbon, is the guest of AzLab#53, bringing to these seminars a topic still little or not studied. Although it is almost halfway there, the research he has been developing already allows for a global view on this subject, while enabling the discussion of other aspects still under analysis. Not to be missed!

Invited speaker:
Pedro Ferreira [Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (FAUL)]

– – – – –
Image: Pedro Ferreira